Não deixe que vençam você.

Posts recentes

Odeàvealê

Oscilações. O topo da curva é um assalto. Depressões à frente. Solavancos. Conheceis a Mentira e sabereis quem é meu Pai. Não estou transtornada. Fui liberta. Tomei consciente essa senda. Escolhi abraçar a mim mesma já que me fora negado o afeto. Sou o fruto que me foi proibido. Mordi-me. Jorro turva meu sangue ébano.…

Xochipilli

Ondas de eletricidade percorrem a superfície do meu corpo todo. Apesar de minhas roupas me sinto profundamente nua. Palavras me escapam e me retornam. Os entraves e a fleuma se misturam em ritmo acelerado e sob a égide da loucura verde-e-azul eu poderia começar e interromper infinitos discursos no mesmíssimo instante. Tudo é tão importante…

Clave

Suspensão. Crime e frivolidade. A noite lembra você da maldição da narrativa. Fruto da própria história, cai do inconsciente para o tangível e se atordoa com o baque. Um tiro nos cornos é um tiro nos cornos. Um quarteto de diabretes em acapela satirizando seu fracasso. Quantas vezes precisamos quebrar a terracota das faces antes…

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.